Café #SímbolodaAmizade, o bom é compartilhar!

PARTICIPE

Compartilhe uma história que você participou ou ouviu em um momento de café

Envie para sabordahistoria@gmail.com

sábado, 28 de abril de 2012

Poema vencedor das Olimpíadas da Língua Portuguesa

“Meu pedaço de terra vermelha”
Pâmela Aparecida de Oliveira


O vento vem...
Brisa brava me cutuca
Sopra bem na minha nuca
Varrendo logo a vontade
de dormir até mais tarde

Tic-tac...tic-tac...
O relógio faz barulho
Galo alegre também canta
me encantando pra acordar.

Esse tempo corre tanto!
E parece me levar
Há poeira na estrada
 – redemoinho de areia –
Vento que venta sem parar...

Voam aves lá no céu
Enquanto a boiada
Aposta corrida em disparada
“–Quem vencer vai ganhar mel!”

O vento vem...
Agora veloz como a águia
Toma banho na lagoa
Pula, brinca, bebe água!

Daqui olho o “terrerão”
Vem vindo na ventania...
Joga pra lá e pra cá o café
Verde no pé – preto no chão.

Esse pedaço de terra vermelha
Varrido pelo vento
Que vem
É o meu mundo
Pequeno –grande – profundo!

Sabor da História Café - Parabéns Pâmela pelo lindo poema e por ter participado das Olimpíadas da Língua Portuguesa!

4 comentários:

  1. Parabéns Pâmela pelo seu poema. Ele é muito criativo, muito legal! Parabéns por ter vencido a Olimpíada!

    ResponderExcluir
  2. parabéns pamela pelo seu poema vou me e=inspirar nele para criar o meu!!!

    ResponderExcluir
  3. parabéns voce e criativa!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. vou tentar me inspirar no seu e venceer!!!!! parabens !!bjs gatinha assanhada

    ResponderExcluir